3 de fev de 2010

Decálogo do Advogado(Eduardo COUTURE)

1. ESTUDA. O Direito está em constante transformação;

2. PENSA. Estudando se aprende o Direito, mas é pensando que se ele exerce;

3. TRABALHA. A advocacia é uma árdua tarefa posta a serviço da justiça;

4. LUTA. Teu dever é lutar pelo direito, mas, se acaso um dia encontrares o direito em conflito com a justiça, luta pela justiça;

5. SÊ LEAL. Leal para o cliente, a quem não deves abandonar senão quando te convenceres de que é indigno de si. Leal para com o teu adversário, ainda quando ele seja desleal para contigo. Leal para com o juiz, que desconhece os fatos, e que deve confiar no que lhe dizes; e que, mesmo quanto ao direito, às vezes tem de aceitar aquele que invocas;

6. TOLERA. Tolera a verdade alheia assim como queres que a tua seja tolerada;

7. TEM PACIÊNCIA. O tempo vinga-se de todas as coisas feitas sem a sua colaboração;

8. TEM FÉ. Crê no direito como o melhor instrumento para o humano convívio; crê na justiça como o objetivo normal do direito; crê na paz como substitutivo piedoso da justiça; acima de tudo, crê na liberdade, sem a qual não há direito, nem justiça, nem paz;

9. ESQUECE. A advocacia é uma luta de paixões. Se cada batalha deixar em tua alma um rancor, logo chegará o dia em que a vida se terá tornado impossível para ti. Findo o combate, esquece a tua vitória tão depressa quanto a tua derrota;

10. AMA ATUA PROFISSÃO. Procura estimar a advocacia de tal maneira que, no dia em que teu filho te pedir conselho sobre o seu destino, consideres uma honra para ti aconselhá-lo a que se faça advogado.

Um comentário:

  1. quem dera se todos os colegas seguissem este decalogo, seriamos com certeza mais humanos e justos e não egoístas e mercenarios....

    ResponderExcluir